Ola minhas(meus) leitoras(es) queridas(os), é com muito esforço e dedicação que estou conseguindo criar o meu próprio site, para isso preciso da ajuda de vocês Eu gostaria que me dessem sugestões, opniões e me digam em que posso mudar para melhorar a visualização do mesmo, beijos da Kellyfe.
Ola minhas(meus) leitoras(es) queridas(os), foi com muito esforço e dedicação que consegui criar o meu próprio site, por isso peço para que vocês me deem sugestões, me digam em que posso mudar para melhorar a visualização do o mesmo, beijos da Kellyfe.
Menu_responsivo
www.000webhost.com

a garota do facebook III

a garota do facebook III

Autor Kellyfe

já estou a quase um ano sem namorado mas andei saindo com um amigo de trabalho aqui da academia onde dou aulas mas isso já faz uns 2 meses e meio e o cara é muito parado enfim estou a quase 3 meses sem fazer sexo , na verdade não sou muito ativa pois me dedico mais ao balé, final de semana tínhamos uma apresentação em uma escola de dança e fiquei dando aula para as meninas até tarde passou das 17:00 horas já iam dando quase 18:00 horas quando lembrei que a apresentação era no dia seguinte no sábado e não tinha ido na clinica me depilar já estava toda cabeluda pois tinha sido uma semana bem agitada por causa da apresentação estava dando aula para as meninas até tarde e deixei uma aluna mas antiga dando o resto da aula e corri para a clinica, chegando La já estava quase fechando, e a menina que sempre me depila já tinha ido embora, fiquei chateado e desesperada pois apresentação era no dia seguinte bem cedo e não daria tempo de ir em outro lugar, só tinha duas meninas na mesa de depilação, o resto das funcionárias já tinha ido embora, só ficou a secretária, Renata uma depiladora que estava depilando uma menina, e Selma uma travesti que também trabalha lá a muito tempo, alta morena de cabelos naturais pretos bem feminina, quem não que ela é travesti nem nota a diferença, confesso que tenho um pouco de preconceito em relação a deitar em uma maca e deixar um travesti olhar minha bocetinha, mas enfim Renata tinha que sair correndo era a última cliente dela pois tinha compromisso, e não podia ficar daí a atendente perguntou por que eu não me depilava com a Selma, fiz uma cara de sem jeito e de quem não gostou e falei ta tudo bem !! Então a atendente foi avisar a Selma que tinha mais uma pessoa, Selma deu uma olhada por cima da divisória e me olhou com cara de quem também não gostou e pediu pra eu aguardar, nisso passa das 18:00 horas e a atendente pergunta se Selma fecha a clinica pois tinha compromisso era sexta feira e todos estavam correndo pra cair na nigth, Selma falou pra acertar tudo comigo e que a atendente podia ir embora, logo ficamos eu, Selma e a Menina que Selma estava depilando, logo Selma termina e pede pra eu ir trocando de roupa e colocando o roupão, enquanto a outra menina se despede e vai embora, Selma a travesti vai ate a porta e tranca alegando que iríamos ficar no último Box e não ia ver se alguém entrasse e fecha a porta de fora e a de vidro por dentro assim todos do lado de fora pensariam que já estaria fechado e não atrapalhariam o trabalho dela, logo volta e eu estou sentada ela pede pra eu me deitar, e abrir o roupão, quando, e logo que faço ela me olha e diz nossa menina ta parecendo um macaco de tanto pelo, sou muito cabeluda, meus pelos crescem muito rápido mas são bem lisinhos, só tinha tirado a meia calça e colocado o cola de novo e ela começa pelas canelas a cera bem quente cada puxada era uma suspirada, até chegar na coxa, nossa a cera tava bem quente e eu fiquei toda vermelha, rápido ela depilou minhas pernas e foi para os braços e axila fiquei lisinha, nisso ela pergunta, sobrou cera quer depilar a xaninha, não vou te cobrar como já estava soltinha pois ao decorrer da depilação ficamos conversando eu falando das minhas aulas e ela das experiências dela como depiladora, aceitei, daí ela diz mas tem que tirar o collant, fiquei de pé e ali mesmo me despi na frente dela ficando totalmente pelada minha boceta estava um pouquinho cabeluda pois na genitália crescem mais rápido os pelos e ela olha de cima em baixo acho que bateu o instinto homem, ficou meio sem jeito e pediu pra eu deitar fiquei de barriga pra cima a abri as pernas e ela com a cera começa a passar e puxar com a paleta nossa que dor fiquei com a xaninha toda vermelha, nisso observo que tem um volume na calça coladinha de Selma, mas não falei nada e ela pede pra fazer a posição frango assado pra depilar meu cu, fiquei meio sem jeito pois já tinha reparado que Selma estava ficando excitada em me ver nua e falei que não precisava mas Ela insistiu e disse que isso menina aqui é serviço completo, logo ela depila meu cu e fico sentada na maca passando um lenço pra tirar o resto da cera do corpo e o cheiro apesar de quase ser inodoro, Selma pede um favor, que fiquei sem jeito, dizendo lindinha me faz um favor, sobrou muita cera da pra você me ajudar a me depilar pois tem algumas partes que não consigo, aleguei estar com pressa mas ela insistiu e fiquei meio sem jeito de negar pois tinha me depilado toda apesar te ter pago, eu só tinha pago pernas e braço,falei que sim e ela começou a se despir tirou os sapatos e depois a blusa, nisso reparo um peitões de silicone que quase não cabem no sutiã, ela olha pra mim e ri dizendo silicone filha, tem que colocar pois quase não tem peito, aleguei que na minha profissão era melhor peitinho pequeno, foi tirando até chegar a vez da calça, confesso que fiquei curiosa pois era a primeira vez que veria uma mulher com pinto e pra minha decepção ela tava usando uma calçinha de couro que tampava tudo nem parecia homem sentou –se na maca ao contrário de mim que deitei e começou a se depilar até chegar a vez das partes íntimas o peru ela olha pra mim e fala não fica com vergonha e soltou a presilha dos lados da calcinha, caramba era um pau enorme o saco era um pouco pequeno mas o pau era grosso e tava mole ela sorriu e falou esse é o Selminho, rindo e pede minha ajuda pra depilar nisso ela começa em cima e na hora de depilar o saco ela fala, quer passar a cera ou levantar o pau, pois não dava pra fazer as duas ao mesmo tempo, falei que ia segurar o pau dela pois podia demorar a puxar a cera e queimar o saco dela rindo, então ela segura minha mão levando até o pau dela, meu coração vai a mil e seguro pela ponta levantando e ela fala puxa mais e nisso sinto o pau dela crescendo na minha mão, e ela começa a depilar passa uma vez e puxa até sair os pelos e o pau crescendo na minha mão nisso fica quase totalmente duro e eu sem jeito ali segurando o pau da traveco , sem dar a boceta a quase 3 meses com um pau bem grande e grosso na mão, deixo escapar, é bem grande hein como consegue esconder, ela olha e fala aperta mais, segurando por cima da minha mão nisso a cabeçona do pau já está pulsando e ela fala segura que vai crescer mais e solta o pote de cera e segura no meu outro braço eu sem saber o que vai acontecer acho que deixei me levar pelo tesão que já estava sentindo minha boceta que antes ardia pela depilação agora estava molhadinha, pedindo aquele cacete grande e grosso, meus mamilos rosados já estavam durinhos e ela notou pois ficaram bem pontiagudos , Selma só olha nos meus olhos como quem só esperava um sim e leva a mão na minha bundinha e aperta puxando até chegar entre suas pernas, fiquei bem encostada nela, totalmente nua, eu sem soltar o cacete de Selma começo uma punheta ela logo me abraça e me tasca um beijão de língua que língua, entrava quase na minha garganta me apertando e eu aumentando os ritmos da punheta e o pau não parava de crescer, já estava com medo pois minha boceta não agüentaria aquele cacete todo ainda mais a tanto tempo sem ser penetrada ela se levanta da maca ficando de pé na minha frente e eu logo seguro a bunda dela que dava 10 da minha seguro e fico apertando e ela me beijando sem parar me chupando pescoço, e nós duas ali descontroladas ela me pega no colo com uma facilidade e me coloca na maca de depilação abre minhas pernas e começa a lamber minha bocetinha que tava bem lisinha e enfia a língua bem La dentro, nisso eu já to quase gozando pelo tempo que estou sem pica e ela chupa até eu soltar um grito e ela enfia um dedo na minha xaninha e vai chupando e mordendo meu grelo que por sinal é um pouquinho grande apesar de ter a boceta pequena e lambe meu gozo todo, Selma sobe na maca ficando por cima de mim fazendo um 69 colocando o pau bem na minha cara , era a hora segurei ele bem pela base e começo a chupar a cabeça que quase não entra na minha boca, mas como ela estava por cima vai fazendo força pra baixo até ir na garganta eu quase me engasgo babando tudo escorrendo baba pelos lados da boca ela colocava e tirava como se estivesse fodendo minha boca eu chupando com as mãos livres ela coloca a mão pra trás e segura a minha mão levando até seu cuzinho, senti que ela queria algo no cu e enfiei um dedo e ela num vai e vem na minha boca rebola com meu dedo no cu e chupa minha boceta enfiando um dedinho também no meu cu dei um pulinho pois meu cuzinho é virgem e ela nota mas força mesmo assim a entrada e eu no auge do tesão vou me soltando até entrar um dedo todo no meu cu ela vai fazendo movimentos circulares e eu nessa altura já estou com três dedos dentro do cu de Selma socando com força e engolindo aquele pau até a garganta ela chupando minha bocetinha e eu o cacete descomunal dela, e as duas com dedos enfiados no cu, até eu senti pulsar a cabeça e Selma soltar a porra na minha boca na hora do jato o pau estava descendo na garganta me engasguei com tanta porra que escorria pelos cantos da boca mas eu não queria soltar e engoli tudo que podia, Selma se levanta e fica sentada na maca com o pau meio mole rindo dizendo somos malucas e eu com cara de quem queria mais, segurando o pau meio mole fazendo movimentos pra ele ficar novamente duro, não podia sair dali sem sentir aquele cacete na minha boceta, começo a chupar e ela segurando meus cabelos faz minha cabeça subir e descer na rola que já crescia na minha mão e boca , vai ficando bem dura e ela deita na maca dizendo pra eu subir pois assim eu controlaria até agüentar e aponto a cabeça que quase não da na entrada da minha bocetinha e vou descendo até entrar a cabeça achei ser que seria mais doloroso mas acho que pelo tesão e pelo gozo da minha boceta eu fui descendo, só consegui ir até a metade e subi e comecei os movimentos coloquei uma perna apoiando na mesa que fica ao lado da maca e a outra apoiando na cadeira ficando totalmente aberta ela segurava na minha cintura fazendo eu subir e descer , cada vez entrava mais um pouquinho até que uma dessas descida senti encostar minha xota no saco dela senti que tinha entrado tudo e segurei pra ficar um pouco dentro , não acreditava o cacete de Selma todo dentro de mim achei que nunca agüentaria um cacete daqueles e nunca tinha tido um pau daquele tamanho dei umas mexidas e comecei a subir e descer com mais força subia até a cabeça e descia com tudo até sentir ele bater no meu útero, que delicia, nisso eu já estava deitada em Selma chupando seus mamilos e ela os meus parei com o pau dentro de mim e ela sugava meus mamilos deixando cada vez mais vermelhos e eu os dela sugava e apertava as tetas de Selma, estava descontrolada nós duas ela pediu pra eu ficar de quatro na maca e ficou atrás de mim dessa vez doeu ela foi colocando e com uma entocada entrou tudo até sentir ele todo dentro ela deu uma paradinha e começou era uma máquina de foder socava sem parar tirava até a cabeça eu sentia um vazio minha boceta nunca mais seria a mesma e ela empurrava tudo com raiva urrando de prazer e dando tapas na minha bundinha, eu rebolava feito louca e gemia ora gritava pedindo pra ela socar o caralho todo, Selma bem obediente socava tudo, nisso sinto que ela tira o pau todo de dentro de mim e da uma cuspida no meu cu, ai gelei nunca tinha dado o cuzinho meu ex até que tinha tentado, mas não conseguiu por ter um pau um pouco grosso não era grande mas era grosso, mas nada comparado ao de Selma, nessa hora que pensei foda-se, e pedi mete no meu cu mas devagar ela, abaixa e da umas lambidas e cospe de novo enfia um dedo e faz novamente movimentos circulares como quem preparando meu cuzinho e coloca na entrada eu afobada querendo sentir o pau no meu cu empurro pra trás ela segura na minha cintura e fala calma garota senão vai ficar dolorida e empurra devagarzinho até passar a cabeça, com muita dor a cabeça entra toda e ela vai empurrando e tirando e eu paradinha com a cara na maca e com a bunda branca pro alto e ela bota a mão por baixo tocando meu grelinho e nisso vou vê soltando e ela empurrando cada vez mais e começa um vai e vem, e soca soca até entrar quase tudo, Selma da várias entocadas MS não consegue que entre o pau todo, eu então tiro o pau de dentro do meu cu dou umas chupadas melo ele bem e deito de barriga pra cima, colocando os pés atrás da cabeça e fico na posição frango assado ela pega uma almofada na recepção e coloca por baixo fazendo eu ficar na altura certa e vai enfiando que delicia ela introduzindo o pauzão na minha bundinha e começa a socar sinto o cacete no meu estomago e de tanto ela socar sinto que vai gozar pois o pau dela fica mais grosso ela faz como se fosse tirar mas eu peço enche meu cu gritando de tesão ela então me enche com sua porra, eu desfaleço acabada com a boceta e a bunda em chamas, Selma com o pau ainda dentro de mim aperta meus mamilos olhando pra minha cara , nessa hora agente começa a rir e ela tira o pau e bota pra eu limpar tudinho, segurei a porra no cu e pedi pra ela deitar que ia fazer uma coisa, ela deita e eu sento na cara dela deixando a porra escorrer pra boca dela, ela enfia a língua na minha bunda e chupa meu cu , e vem e passa a porra pra minha boca e me faz engolir, deitamos um pouco durante uns 20 minutos sem falar nada depois tomamos banho e nos vestimos e fomos embora Selma dando uma carona pra mim até em casa, me da um beijo na boca e se despede foi a melhor transa que já tive, no dia seguinte na apresentação estava acabada e tive que falar que tava ficando resfriada pois não conseguia abrir as pernas pra fazer as coreografias tive que pedir a minha aluna pra me substituir.

 

Deixe seu comentário

  • Kellyfe

    Aço que ta bom